Cidade

Prefeito Audifax Barcelos recebe Sindbares em seu gabinete

No dia 14/05, representantes do Sindbares (Sindicato de Bares, Restaurantes e Similares do Espírito Santo), reuniram-se com o Prefeito da Serra, Audifax Barcelos para discutirem assuntos relacionados às dificuldades que o setor enfrenta, como: liberação de alvarás, principalmente da Vigilância Sanitária, segurança noturna e sobre a grande polemica do fechamento dos bares e restaurantes à 0:00h, para diminuir a criminalidade.

Estiveram presentes a esse encontro, os empresários da Serra: Rodrigo (proprietário do Yaki Culinária Oriental e Rei da Picanha, e que estará inaugurando no princípio de julho de 2013, o primeiro Boliche com restaurante de comida natural do Estado do Espírito Santo), Sr. Wilson Calil (Presidente do Sindbares), Sr. José Francisco (proprietário Hotel e Churrascaria Serra Grande) e o Sr. Alfredo (proprietário Churrascaria Carretão).

O foco desta 1ª reunião foi a entrega de uma carta contendo as reivindicações feitas pela instituição, que foi assinada pelo então candidato, Audifax Barcelos, no período de sua campanha para prefeito da Cidade da Serra. O atual prefeito reafirmou os compromissos solicitados na carta. Pois, tem consciência da importância do setor para o desenvolvimento econômico do Município da Serra.

Nomeou como interlocutor do Sindbares, o Secretario de Desenvolvimento Econômico, o Sr. Everaldo Colodetti. Dentre as solicitações, a mais pertinente foi sobre as dificuldades encontradas na liberação do alvará de vigilância sanitária. Nessa questão, o prefeito também determinou que, o Secretario Colodetti intermediasse nessa solicitação, visando a sua solução.

Quanto ao fechamento dos bares e restaurantes à 0:00 hora, para combater a criminalidade a exemplo da Cidade de Linhares, foram lembradas ao prefeito ações executadas em seu primeiro mandato. Ações essas que, serviram de exemplo a todo estado e auxiliaram na construção da lei estadual que trata da venda ilegal de bebidas alcoólicas. A lei, em pleno vigor prevê convênios das prefeituras com o estado para criar soluções para minorar os problemas da violência gerada por esta venda ilegal de bebidas alcoólicas.

A princípio, o Prefeito Audifax Barcelos informou que, será mais rigorosa a fiscalização do funcionamento de bares e restaurantes clandestinos. Quanto ao fechamento dos bares e restaurantes, esse assunto estará na pauta do GGIM (Gabinete de Gestão Integrada Municipal).

Visto que, o GGIM tem com função principal, as ações integradas de prevenção à violência no município. Assim, este tema polêmico será debatido com os integrantes do GGIM. Após, esse encontro, Audifax Barcelos fará seu pronunciamento.

Como é visível o alto índice de violência registrado pela imprensa, essa situação preocupa não apenas os comerciantes, mas toda a população que está aterrorizada, com medo e insegura. Diante desse fato, o Sindbares solicita do poder executivo, ações em curto prazo nessa questão. Já que, a frequência das famílias aos bares e restaurantes tem diminuído a cada dia.

De acordo com uma pesquisa realizada por um veículo de comunicação capixaba, com a seguinte pergunta: O fechamento de bares e restaurantes vai diminuir a criminalidade?  Boa parte dos entrevistados, não concordam com o fechamento dos bares e restaurantes.

“Se agirmos assim, estaremos permitindo que os criminosos comecem a ditar suas próprias leis, precisamos é de conscientização e segurança, mais policiais nas ruas”. Declarou um dos entrevistados.

Mais fotos visite nossa Página no Facebook (click aqui)

Share