Cidade D'Lourdes Pinho

Maio mês das flores, mês maternal e romântico

O mês de maio é considerado pelo mundo, como o mês das mães e das noivas. É um mês feminino com aroma e fragrância suave de rosas e flores. Um mês de romantismo e de lindas histórias de amor.

Na Grécia antiga, já faziam homenagens as mães, como os gregos acreditavam em vários deuses, comemoravam a mãe deles, através da deusa Reia. Já na idade média os trabalhadores que viviam longe de suas famílias ganham um dia para visitarem suas mães, que os ingleses chamavam de “mothering day”.

Na época da guerra civil, com a morte de sua mãe, a americana Anna Jarvis sofreu muito com a sua perda. Suas amigas em virtude de seu sofrimento, tomaram a iniciativa de homenagear sua mãe, pois queriam prestar solidariedade à amiga.

A festa de homenagem à mãe da americana fez tanto sucesso que em 1914, o presidente Thomas Woodrow Wilson oficializou a data, e a comemoração se difundiu pelo mundo afora.

No ano de 1932, o presidente da época, Getúlio Vargas oficializou a data. Assim como os Estados unidos, Japão, Turquia e Itália, no Brasil também se comemoram o dia das mães no segundo domingo de maio. Essa data foi instituída aqui, pela associação cristã de moços em 1918.

Desde então, essa data tornou-se um dia especial para todos os filhos e para suas mães. Para muitos é apenas um comércio, mas para aqueles que possuem sentimentos e reconhecem a sua genitora como um ser divino, é um dia muito especial e único. Pois, mãe, é a mulher que gera, dá a luz ao filho, mas também é aquela que cria um ente como se fosse gerado por ela. É aquela que dá carinho, amor e não pede nada em troca.

O mês de maio também é dedicado a todas as mulheres. Muitas mulheres escolhem este mês para realizarem um sonho. Pois, toda mulher romântica e sensível sonha em se casar com um “príncipe encantado”, na realidade um homem, que realmente a ame e respeite, um amigo e companheiro de todas as horas.

Apesar, do triste quadro de violência contra as mulheres, o mês de maio não perdeu sua essência maternal e romântica.

Voltando na história, o mês de maio é considerado o mês das noivas, devido a uma tradição dos países do hemisfério norte, que celebravam a chegada do mês de maio com muitas flores e alegria, homenageando a natureza. Ao longo dos séculos esses elementos foram se associando á celebração do amor e do casamento.

Um dado muito curioso da história na Idade Média, é que no mês de maio, as pessoas do hemisfério norte tomavam seu primeiro banho anual, afinal no hemisfério norte é o inicio da primavera. Naquela época, não existia eletricidade e a tecnologia nem sonhava em nascer. Então era impossível tomar banho em temperaturas abaixo de zero. Esse era o momento ideal para o casamento, após um delicioso banho dava para amenizar o odor dos noivos e das noivas. Tomavam um banho caprichado com muitas flores e ainda levava próximo de seu corpo um ramo bem perfumado, que acabou virando o tradicional bouquet, que as noivas atuais levam nas mãos quando vão se casar.

Por ser considerado o mês das flores no velho continente, o mês de maio é um dos meses mais bonitos do ano, o que casa bem com a teoria do banho.

Porém, para a Igreja Católica, maio é o mês da consagração de Maria, mãe de Jesus Cristo. Como a influencia da igreja católica vigorava naquela época, essa então passa a ser a hipótese mais aceita por todos, mesmo que na bíblia não tenha nenhuma passagem afirmando o fato. Então maio é o mês para comemoração do dia das mães e o mês dedicado à união dos casais. Assim, os ocidentais consideram maio como o mês da celebração do amor maternal e do amor matrimonial.

Share