Carroceiros protestam contra Lei Estadual

Carroceiros protestam contra Lei Estadual

Foto: Divulgação Internet

Lei Estadual publicada no dia 06/01 proíbe carroças em cidades com mais de 100 mil habitantes. A intenção e trocar as carroças por veículos de propulsão humana.

Na manhã desta sexta-feira (13), carroceiros protestam contra a Lei Estadual que proíbe a permanência e utilização de animais de grande porte como cavalos, mulas, burros e bois para puxar carroças em perímetros urbanos de cidades com mais de 100 mil habitantes.

A lei foi publicada na última sexta-feira (06), a intenção da medida é a substituição das carroças tradicionais por veículo de propulsão humana ou motorizado. A lei prevê a remoção, acolhimento e destinação dos animais irregulares, doação, convênios e multa para os donos dos mesmos em caso de resgate dos animais.

Segundo consta na lei, os valores arrecadados na aplicação de multas serão revertidos ao Fundo Estadual do Meio Ambiente. A não aplicação da lei é só para os animais de grande porte que são utilizados pelas forças de segurança publica.

A manifestação contou com cerca que 20 carroceiros, que interditaram a BR 101. A via ficou bloqueada nos dois sentidos, o que gerou a paralisação no transito. A Avenida Eudes Scherrer de Souza também foi interditada pelos manifestantes.

Segundo informações, o fluxo de veículo foi desviado em um ponto da Avenida Central, em Laranjeiras – Serra. As viaturas da Polícia Militar (PM), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Guarda Municipal da Serra acompanharam toda a manifestação.

Nossa redação entrou em contato com a prefeitura através de e-mail, e a mesma nos enviou a nota:

“Boa tarde, 

segue nota da Serra:

A Prefeitura da Serra não realizou nenhuma ação efetiva em relação à Lei Estadual em questão. Será proposto um diálogo com os carroceiros para construir de forma conjunta uma alternativa para adequação à Legislação Estadual.

Att
Secom – PMS”

A redação do Serra Noticias tentou entrar em contato com o presidente da associação dos carroceiros da Serra, mas até o fechamento da matéria ele não se manifestou.

 

Share