Home » Colunistas » UMA SERRA/ES BOA PRA CACHORRO

UMA SERRA/ES BOA PRA CACHORRO

Texto opinião: web leitor Thom Guyansque

Imagem: Divulgação

O dia ontem, ao menos para mim, terminou num misto de comédia e terror, no estilo Ash Vs. Evil Dead (Seriado muito bom… Assistam!).

Diferentemente da ficção, a realidade me envergonha e taí um episódio que eu não gostaria de ter assistido.

Ontem fiquei sabendo que a vereadora Quélcia (PSC), eleita com 2349 votos, protocolizou o projeto de lei 38/2017 que é “bom pra cachorro”, que trata da criação de um hospital veterinário municipal, bem como postos de saúde veterinários.

Nada contra os nobres animais, pelo contrário, sou um apaixonado por bichos, no entanto, faltou bastante coerência ao elaborar e apresentar um projeto como esse, sendo que a cidade sofre um caos na saúde pública municipal (não só nessa área, mas, nos restringiremos aqui).

Como se já não bastasse Quélcia ter votado com Audifax naquilo que é chamado popularmente como “Pacote de Maldades”, cortando benefícios dos funcionários da prefeitura, inclusive daqueles da área da saúde, ela, incoerentemente, ao olhar o horizonte de oportunidades e necessidades, desviou seus olhos dos trabalhadores e os direcionou aos animais.

Será que Quélcia tem ciência da carência de especialidades na saúde municipal da Serra? Será que tem ciência da falta de medicamentos e de profissionais em vários postos? Será que tem ciência das filas que são formadas logo pela madrugada em várias unidades na esperança de um atendimento ou medicamento?

Na minha humilde opinião, Quélcia aparenta não ter ciência de tais fatos, isso na melhor das análises, pois, se tiver ciência desse estado deplorável, demonstra total descaso com o munícipe e, principalmente, com os 2.349 eleitores que acreditaram na sua capacidade.

Um político qualquer precisa ter responsabilidade ao apresentar propostas, pois, absurdos tomam tempo e desmoralizam a política.

Quélcia não demonstrou bom senso, consideração, coerência etc. Sua equipe não fez uma análise do cenário econômico da prefeitura (A casa arrumada de Audifax) e não fez um estudo do impacto da criação dos objetos de sua proposta… Ora, se Audifax não cumpriu sua promessa de colocar a Guarda Municipal na rua por causa dessa situação financeira, como contratará profissionais da saúde veterinária? Sem considerar os gastos com estruturas e logística.

Em menos de um mês, já foram 2 decepções, Quélcia. Essa página é para acompanhamento e críticas… Eventualmente um elogio, se continuar nesse ritmo, vou ter que mudar o nome para “Thom Guyansque – De olho na Quélcia”.

Thom Guyansque
Um político NÃO convencional
De olho na Serra/ES
www.facebook.com/deolhonaserraes

Share

Sobre Jornalista D'Lourdes

Share
%d blogueiros gostam disto: