Home » Personalidades » Rosa Darquis, uma guerreira da Serra!

Rosa Darquis, uma guerreira da Serra!

Disse Capitão Marcos ao seu jovem soldado: “Grande sábio quem definiu a rosa como o símbolo do amor. Apesar dos espinhos, o que fica mesmo, é o perfume”.

(PINHO, Cláudio – Mentiras, sua única verdade – Não Editado – Agosto/2000)

 Rosa Darquis nos remete há alguns séculos atrás, e nos faz lembrar a grande heroína e guerreira francesa, Joana D’Arc. Uma mulher forte que, assumiu o comando de um exercito para defender sua fé e seu povo. Uma mulher que não se deixou amedrontar pelo poder masculino que imperava na época, e nem pelos próprios medos que assombravam seus sonhos juvenis.  Fez-se forte e decidida em nome de um povo sofrido e abandonado.

Conta-se a lenda que a nossa heroína Rosa Darquis já nasceu predestinada a guerrear em nome do povo menos favorecido. Dizem que seu Pai ao receber a linda criança em seus braços, não teve duvidas e pronunciando que ela era linda como um botão de rosa que desabrochava, tomou a decisão de chama-la de Rosa. A junção do nome Darquis vem do desejo de sua mãe em homenagear a heroína francesa que viveu de 1.412 à 1.431, em uma família humilde. Destacou-se sempre por sua generosidade e por sua viva e desperta inteligência, por seu talento e intuição natos e pela oportunidade de suas ideias, pelo qual daria boa prova ao longo de sua vida. Esta mulher com sabedoria divina nunca soube ler nem escrever.

Joana D’Arc, desde muito jovem, se entristecia profundamente com as noticias que chegavam até seus ouvidos, sobre aquelas batalhas horrendas nas quais morriam centenas de compatriotas. Deste modo, esta mística guerreira foi enviada por Deus para salvar a França naquele momento em que reinava o caos e o terror.

Muito bem, a descrição acima sobre a Divina heroína Joana D’Arc nos faz lembrar em muito a nossa heroína da Serra. Rosa Darquis também nasceu em uma família humilde e como a heroína francesa desde cedo já tinha em seu âmago o desejo de servir e proteger os mais necessitados.

Começou sua vida publica atuando como líder trabalhista em um Sindicato classista que representa os profissionais de limpeza e conservação no estado do Espírito Santo. Ela que, sempre fala sobre sua vida profissional na área de limpeza com amor e profundo orgulho. Diferente de muitos que se sentem rebaixados por desempenhar o trabalho na área de limpeza, esta guerreira sente orgulho por ter trabalhado na área e também por representar estes profissionais tão bem e com tanta ética.

Conversando com colegas de trabalho da época e também seus colegas do sindicato o elogio por sua dedicação e garra, são unânimes. Todos dizem sem sombra de duvidas que nossa Guerreira da Serra, foi a responsável por promover em todos, o sentimento de orgulho e autovalorização por trabalho tão abençoado, que é o serviço de limpeza e conservação.

Após sua atuação sindical, ela assumiu a Coordenação da Casa do Cidadão na Prefeitura Municipal da Serra, sob a batuta do Prefeito Sérgio Vidigal que, conhecedor da alma humana viu em nossa heroína uma pessoa capaz de fortalecer e promover o verdadeiro sentido daquele setor que pode ser considerado a menina dos olhos do Prefeito da Serra.

A Casa do Cidadão é responsável por políticas publicas que envolve desde a Assistência Psicológica, até Assistência Jurídica em caso de Separação Conjugal, também colabora com os munícipes que necessitam de documentos pessoais, Assistência Jurídica e outros serviços destinados à promoção da cidadania. A Casa do Cidadão atua em conjunto com todas as Secretarias e setores da Prefeitura.

Rosa Darquis e o Prefeito Sérgio Vidigal na festa junina PMS 2012

Conta-se que Joana D’Arc não sabia ler ou Escrever. Não é o caso de nossa Guerreira da Serra, mas sem qualquer formação Superior, contando apenas com ensino médio, desempenhou sua função deixando muitos advogados admirados com sua capacidade em tratar de leis e outros afins.

O que nos chama a atenção, não é apenas a inteligência e a capacidade de aprendizado que ela possui. O que nos chama a atenção é seu coração grandioso, que consegue transformar uma situação rude e hostil, como em casos de separação conjugal, em uma ação de amor e paz. Dizem alguns que muitos casais que estavam em pé de guerra e decididos a se separarem, ao falar com nossa Guerreira, resolveram tentar mais uma vez e hoje vivem felizes como nos contos de fadas.

Pode ate ser lenda todas as historias que são contadas nos corredores da Prefeitura Municipal da Serra, mas de uma coisa temos a absoluta certeza. Ninguém consegue aproximar de nossa Guerreira da Serra e sair da mesma forma que chegou. Isto posso dizer por experiência própria. Ao aproximarmos dela sempre nos sentimos melhor de que quando chegamos.

Como iniciei este artigo com uma citação de meu livro, sobre a rosa, quero neste momento conceituar um pouco este assunto. A rosa é uma flor com pétalas macias e suave ao toque, mas seus espinhos quando tocam nossa pele, provocam um profunda dor.

Diz às lendas que Deus quando criou a Rosa, queria que a humanidade soubesse que a vida tem sempre dois lados, pode ser suave e prazeroso como pode ser dolorido e cruel. Mas, que no final sempre o que fica mesmo é a felicidade plena da realização e da vitoria.

Utilizei esta citação sobre a rosa para exemplificar e conceituar grosso modo, Rosa Darquis a Guerreira da Serra. Ela consegue com suas palavras amigas e carinhosas elogiar, mas também consegue nos admoestar rispidamente se necessário for. Falar macio e grosso no momento necessário, mas em nenhum caso provoca no ouvinte qualquer sentimento de rancor ou ódio, porque mesmo, em momentos que nos corrige sentimos o amor em suas palavras e naqueles olhos sorridentes de mãe que educa o filho.

Outra grande característica sua, que me faz pensar na rosa, é sua capacidade de lidar com uma autoridade, como o Prefeito da cidade da mesma forma que fala com o funcionário mais subalterno. O amor é o mesmo, o carinho é o mesmo. Mas nenhum dos dois se sente menor ou maior, todos se sentem amados.

Rosa Darquis e Israel Lima na sede da Casa do Cidadão em Serra Sede

Eu poderia ficar aqui uma vida a escrever, creio que poderia escrever uma verdadeira coleção de livros somente para tentar conceituar esta Guerreira da Serra que muito fez na Casa do Cidadão da Prefeitura, da qual ela entregou a Coordenação no último dia 28/06/2012 para um de seus discípulos, o jovem estudante de Direito Israel Lima.

A Despedida de colegas e estagiários foi muito emocionante e nós do Serra Notícias tivemos a honra de acompanhar. Lagrimas que corriam, por jovens faces acostumadas a receber diariamente, o carinho do beijo de amiga e mãe. Daquela que, era muito mais que um chefe, muito mais que um coordenador de setor, uma amiga e orientadora.

Sabemos que novos projetos virão, que novas batalhas virão para nossa Guerreira da Serra e sabemos mais ainda, que não importa onde ela estiver guerreando, será sempre vitoriosa.

Para finalizar deixo abaixo as palavras de despedidas que nossa Guerreira da Serra, postou em seu perfil da Rede social em agradecimento aos colegas de trabalho e também a todos nós que frequentavamos a Casa do Cidadão na Prefeitura Municipal de Serra, no Estado do Espírito Santo.

“BOA NOITE A TODOS, BOA NOITE A TODAS.

MEUS AMIGOS E AMIGAS MEUS COMPANHEIROS.

ANTES DE QUALQUER COISA, QUERO DIZER QUE FOI UMA HONRA COORDENAR A CASA DO CIDADAO DA SERRA SEDE.

É UM PRAZER ESTAR AQUI ABRAÇANDO ESSE POVO QUE ME ACOLHEU COM TANTO CARINHO E DEDICACAO DA MESMA FORMA, É UM PRAZER ESTAR AQUI ME DESPEDINDO DE BRAVOS COMPANHEIROS QUE LUTARAM JUNTO COMIGO NA DEFESA DOS NOSSOS MUNICIPES A ELES MEU ABRAÇO E MEU CARINHO.

ABRAÇO E CARINHO DE IRMÃ, PORQUE NESTE TEMPO QUE ESTIVEMOS JUNTOS A CASA DO CIDADÃO TORNOU SE PARA MIM MUITO MAIS DO QUE UM LOCAL PARA SE REUNIR E DISCUTIR AS QUESTÕES DE TRABALHO NESTES ANOS A PMS SE TORNOU MINHA SEGUNDA FAMÍLIA.

SAIBAM QUE NESSES QUASE QUATRO ANOS A PMS FOI MAIS DO QUE UM LOCAL ONDE EU IA BUSCAR REFÚGIO E AMPARO A CASA DO CIDADAO FOI, E AINDA SERÁ UMA GRANDE ESCOLA ONDE APRENDI OS PRINCIPAIS VALORES DA SOLIDARIEDADE, DA INDIGNAÇÃO E DA FÉ, FÉ DE QUE JUNTOS, LUTANDO, PODEMOS GARANTIR UM POUCO MAIS DE RESPEITOS AOS NOSSOS SEMELHANTES.

HOJE EU ESTOU SAINDO DA ADMINISTRAÇÃO DA SERRA, ONDE EU OCUPAVA UM CARGO QUE ACREDITO DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA NA DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS,
SEI QUE DEVO UM POUCO DA CONFIANÇA QUE RECEBI DO PREFEITO DA SERRA PRINCIPALMENTE PELO APRENDIZADO QUE ALI ADQUIRI. MAS QUERO QUE SAIBAM QUE NÃO ESQUECI, NEM PRETENDO ESQUECER MINHAS ORIGENS, DE MULHER, NEGRA E TRABALHADORA TERCEIRIZADA. QUANDO, E SEI QUE NÃO VAI DEMORAR MUITO, EU DEIXAR O CARGO QUE OCUPO AGORA, TENHAM CERTEZA VOLTAREI COM MUITO ORGULHO AO LOCAL DE ONDE SAI E, PODEM ACREDITAR, VOLTAREI A DEFENDER OS DIREITOS DOS NOSSOS MUNICIPES COM MUITA RAÇA E PRAZER, PORQUE ENQUANTO HOUVER NA NOSSA CIDADE UM TRABALHADOR SENDO EXPLORADO, OU UM MUNICIPE NECESSITANDO DE AJUDA SE EU TIVER VIVA E COM SAÚDE, PODEM ACREDITAR, EU ESTAREI LÁ DEFENDENDO-O.

DESEJO À NOVA DIREÇÃO DA CASA DO CIDADAO DA SERRA SEDE MUITO SUCESSO NESSA NOVA JORNADA QUE SE INICIA HOJE.

QUE AS VITÓRIAS COMPENSEM O CANSAÇO.

ROSA DARQUIS

Mais fotos em nossa página do Facebook (click aqui)

 

Share

Sobre Claudio Pinho "In Memorian"

Share
%d blogueiros gostam disto: