Home » Cidade » Crianças escrevem cartas para o Papai Noel dos Correios

Crianças escrevem cartas para o Papai Noel dos Correios

Imagem divulgação dos Correios

Crianças de todo o Estado já sonham com o presente que o Papai Noel vai trazer para elas neste Natal. Para agradar o bom velhinho a garotada escreveu  cartas bem bonitas, contando um pouco da sua história e colocando no papel o desejo para este Natal. As cartas estão prontas e estão sendo entregues aos Correios, que se encarregam de fazê-las chegar às mãos do Papai Noel.

Neste ano a campanha Papai Noel dos Correios no Espírito Santo vai receber 12 mil cartinhas de crianças matriculadas em escolas públicas de todos os municípios, localizadas em região de vulnerabilidade social. Os colégios inscritos foram indicados pelas secretarias municipais de educação.

O projeto ganhou uma grande proporção por isso os Correios no Espírito Santo limitaram em 12 mil o número de cartas que serão recebidas. A decisão tem como principal objetivo preservar os sentimentos das crianças e a crença no Papai Noel, evitando que a garotada envie cartas em número superior ao de presentes doados. A equipe dos Correios trabalha para promover o apadrinhamento de 100% das crianças, mas caso isso não ocorra, todas as cartas não-adotadas receberão a carta-resposta do Papai Noel.

Padrinhos

equipe promove a campanha juntos aos funcionários da PMS

Toda a campanha só é possível graças aos ajudantes do Papai Noel, colaboradores dos Correios e a voluntários da sociedade. Depois de cadastradas, as cartinhas das crianças vão ficar disponíveis nas agências de todo o Estado, de 26 de novembro a 12 de dezembro, a espera de padrinhos que queiram adotá-las. Cada pessoa pode adotar quantas cartas quiser, desde que haja o real compromisso de retornar os presentes.

Os Correios também esperam contar com o apoio de órgãos e empresas que se sensibilizem com a causa. Doações por pessoas jurídicas e corporativas são permitidas e fundamentais para atingir a meta de 12 mil presentes.

Educação

O Projeto Papai Noel dos Correios está alinhado a um dos objetivos de Desenvolvimento do Milênio – “Educação básica de qualidade para todos”. As crianças são estimuladas a escrever uma redação, uma carta ao bom velhinho. Elas aprendem também a endereçar corretamente, usar o CEP e o selo.

A empresa preparou um material de orientação aos professores das escolas selecionadas sugerindo a forma de trabalhar o tema “Natal” com as crianças. Assim, os Correios querem estimular o desenvolvimento de valores como bondade, perdão e solidariedade, além de ensinar que o Natal é uma época de confraternização, diminuindo o apelo comercial da data.

Histórico

De todos os programas desenvolvidos pelos Correios, sejam da área ambiental, social ou esportiva, o “Papai Noel dos Correios” é o mais conhecido pela população e, com certeza, o que mobiliza o maior número de voluntários.

O projeto surgiu há mais de 20 anos, quando os carteiros não sabiam o que fazer com as centenas de cartas endereçadas ao bom velhinho. Sensibilizados com o conteúdo de muitas delas, alguns empregados procuravam atender aos pedidos por meio de ação solidária entre colegas, outros envolviam também a comunidade. A quantidade de cartas enviadas ao Papai Noel crescia a cada ano e em 1996 a campanha “Papai Noel dos Correios” tornou-se corporativa, passando a contar com a participação da sociedade na adoção das cartas.  

Em 2011, os Correios, no Espírito Santo receberam 11 mil cartas, das quais 9.500 foram adotadas. 

Este ano a empresa espera atender 12   mil cartas. 

Serviço:

Projeto Papai Noel dos Correios – 2012

Entrega de cartas aos Correios: 07/11 a 19/11

Adoção de cartas nas agências: 26/11 a 12/12

Prazo final para retorno dos presentes: 12/12

Entrega dos presentes às crianças: 05/12 a 14/12 

Dúvidas: papainoeles@correios.com.br

Apoio nesta matéria:

Share

Sobre Jornalista D'Lourdes

Veja tambem

Vendo ônibus Ford 1995

Ônibus Ford 1995, motor MWM 6cc, totalmente revisado, transformado para transporte de dois veículos mais …

Share
%d blogueiros gostam disto: