Home » Politica » Clima de verão na Serra, esquenta os ânimos na posse dos vereadores

Clima de verão na Serra, esquenta os ânimos na posse dos vereadores

Foto: D’Lourdes Pinho

O ano de 2017 mal chegou, e a Cidade da Serra é surpreendida por uma posse de vereadores conturbada, regada de discussões e ofensas verbais. Tudo estava como descreve o figurino, ou melhor o regimento interno da casa. Cerimônia de posse, presidida pelo vereador mais votado e acompanhado do secretário, o vereador mais jovem.

O vereador mais votado na Serra, o Adriano Galinhão (PTC) e o mais jovem, o vereador Alexandre Xambinho (Rede) conduziam os trabalhos de maneira normal na casa legislativa. O Adriano Galinhão como presidente e o Alexandre Xambinho como secretário. A sessão seguia de vento em polpa.

Porém, após os 23 edis se apresentarem na frente e confirmarem seus votos de compromisso diante do público que os assistia, começa a sessão turbulência, isso na hora da apresentação das chapas que concorreriam a mesa diretora para o biênio 2017/2018. Foi uma verdadeira confusão,  o estopim da situação centrou na vereadora Neida Maura Pimentel (PSD), que tinha seu nome inscrito nas duas chapas que disputavam a mesa diretora.

Na chapa I, encabeçada pelo vereador Basílio da Saúde (PROS), a vereadora estava como secretária. Essa chapa tinha o apoio do grupo dos 12, assim denominado o grupo de 12 vereadores, que segundo informações, haviam se reunido meses atrás para articularem a presidência da Câmara. Já na chapa II, a vereadora Neidia era quem a encabeçava.

Essa conjuntura reproduziu um clima tenso nos vereadores, pois a vereadora estava inscrita nas duas chapas. Cumprindo seu papel, o presidente da sessão solicitou que, a vereadora escolhesse em qual das chapas ficaria, e ela escolheu a chapa II.

A escolha da vereadora Neidia (PSD), gerou uma total indignação em parte dos vereadores, o que acabou levando a uma discussão tensa, seguida de diversas ofensas verbais. Diante do clima acalorado, Adriano Galinhão suspendeu a sessão por 10 minutos, mas a mesma ficou suspensa por mais de 30 minutos.

Quando retornaram, o presidente solicitou ao secretario que desse inicio a votação para a escolha da mesa diretora. Os que votaram na chapa II foram os vereadores conhecidos como da base aliada do prefeito reeleito. Contudo, o grupo dos vereadores que apoiavam a chapa I se recusaram a votar. Segundo alguns vereadores, o seu direito de voto democrático foi negado.

A sessão seguiu mesmo com a não aceitação de parte dos vereadores. O vereador Nacib Haddad (PDT) pediu a palavra e com os ânimos aflorados disse que, a votação era invalida, pois como seria possível a vereadora está inscrita em duas chapas. Em sua fala, o vereador completa que, tal atitude da vereadora era uma traição e que a questão deveria ser revista.

Onze vereadores não votaram e cada um se justificou diante do cenário, e o sentimento que pairava sobre eles era a traição, se sentiam lesados pela vereadora. Já que, segundo eles, ela havia selado um acordo e dado a sua palavra.

Embora, parte dos vereadores não concordaram e não aceitaram a votação, a chapa II encabeçada pela vereadora Neidia Maura Pimentel foi a vencedora, com 11 votos mais o dela, para o pleito 2017/2018. A chapa II é composta por: Neidia Maura (PSD), presidente, 1º vice-presidente, Rodrigo Caldeira (Rede), 2º vice-presidente, Robinho Gari (PV); 1º secretário, Roberto Catirica (PHS); 2º secretário, Adriano Galinhão (PTC).

Finalizada a votação, a nova mesa diretora da Câmara Municipal da Serra assumiu a sessão e a presidente, a vereadora Neidia Maura concedeu a posse ao prefeito reeleito, Audifax Barcelos e a vice Marcia Lamas. Depois, a vereadora parabenizou o prefeito e a vice, e deliberou sobre a escolha dos membros das comissões permanentes da casa de leis.

Em entrevista para nossa equipe, a vereadora Neidia disse que fez o mesmo que o PDT fez com PSD. Simplesmente deu o troco.

“Foi acordado entre o meu partido PSD e PDT durante a campanha de 2016, que nós caminharíamos com o PDT e em contrapartida teríamos o apoio para disputarmos a mesa diretora, porém o PDT não cumpriu com o PSD. Também nos sentimos traídos, e estamos devolvendo a traição”. Declara a vereadora Neidia

Share

Sobre Jornalista D'Lourdes

Veja tambem

Bancada Capixaba se reuniu com o presidente Michel Temer

A bancada capixaba se reuniu na última quarta-feira (16) com o presidente da república Michel Temer. …

Share
%d blogueiros gostam disto: