Home » Colunistas » D'Lourdes Pinho » Câmara da Serra: sete vereadores contra a maioria tentam dar um golpe

Câmara da Serra: sete vereadores contra a maioria tentam dar um golpe

Não bastasse a novela dos fiscais, que aguardam a votação para derrubar o veto do prefeito. Mais um capitulo da novela, Prefeito Audifax Barcelos e os sete Vereadores versus Vereadora Neidia Maura Pimentel no Tribunal de Justiça. O primeiro capitulo dessa novela começou no mês de agosto e está chegando no quarto capitulo. Tudo porque a vereadora Neidia por votação unânime venceu a eleição da mesa diretora da CMS.

Segundo os sete vereadores, por engano eles votaram errado. Agora, querem a todo custo tomarem a mesa diretora, como se fosse simplesmente entrar na justiça com o apoio do prefeito e exigir a devolução do voto, porque votaram errado. Além dessa justificativa, os vereadores que “votaram errado”, conforme disse no Plenário da CMS, a Vereadora Neidia em sua fala destaca que os vereadores se justificam dizendo que “Não podem sair da mesa diretora, ainda não!”

Indignada com a situação a vereadora se manifestou na Tribuna da CMS por várias vezes. Pois, ficou surpresa com a vontade desses sete vereadores em anular a eleição. Mais indignada ainda, com o prefeito Audifax Barcelos que comprou a briga desses vereadores. Segundo a vereadora Neidia, foi uma grande decepção o posicionamento do prefeito nessa situação. Já que, ela sempre o defendeu na CMS.

“Golpe baixo”, expressão usada pela vereadora na sessão da quarta-feira, dia 03 de setembro. Quando utilizou a Tribuna para expressar o sentimento de indignação e traição por parte dos 07 vereadores e do prefeito.

“O que está acontecendo, o que pretendem é darem um golpe. Não devemos e nem vamos aceitar isso. Golpe Militar foi lá traz, há muito tempo. Essa casa possui 23 vereadores e o Plenário deu 23 votos não para essa vereadora, mas para uma mesa diretora. Isso é golpe baixo.” Declarou a vereadora Neidia.

Na sessão dessa quarta-feira, dia 24 de setembro, o vereador Aécio Leite (PT) que foi eleito como vice presidente da mesa diretora, utilizou a Tribuna em defesa da vereadora Neidia que foi eleita como a presidente. O vereador Basílio da Saúde (PROS) pediu a parte e disse que é necessário convidar o prefeito Audifax Barcelos para fumar o cachimbo da paz.

“Uma das maiores dificuldades que encontramos no momento é a falta de diálogo por parte do prefeito. E sabemos que a melhor forma para resolver alguma questão ou problema, a melhor maneira é o diálogo, a conversa, o entendimento”. Pontuou o vereador Aécio Leite.

A vereadora Neidia parabeniza e elogia o Tribunal de Justiça por sua competência e seriedade diante da situação. Pois, pela quarta vez nega o pedido de anulação da eleição, por parte dos sete contra. Agradece aos quinze vereadores restantes pelo apoio que vem dando a ela nessa questão.

Share

Sobre Jornalista D'Lourdes

Veja tambem

Falta de limpeza da piscina preocupa moradores de Feu Rosa

Diversas solicitações e pedidos foram feitos pela prefeitura da Serra para a população, referente aos …

Share
%d blogueiros gostam disto: