Home » Politica » Audifax Barcelos e mais cinco candidatos da Serra, podem sofrer impugnação de suas candidaturas

Audifax Barcelos e mais cinco candidatos da Serra, podem sofrer impugnação de suas candidaturas

impugnadosCom problemas que vão desde a desaprovação de contas publicas, passando por crimes da lei Maria da Penha, condenação por dirigir embriagado até candidato que não sabia se estava filiado ao partido, o Ministério Publico Eleitoral do Espírito Santo pede a impugnação de candidaturas de vereadores e até mesmo do atual Prefeito da Serra Audifax Barcelos.

Ao todo foram seis candidatos, sendo: Audifax Barcelos, candidato a reeleição para Prefeito da Serra, segundo a informação é que houve propaganda após a data limite pela lei eleitoral, Carlos Alberto Azoni Junior, condenado pelo artigo 147 do Código Penal, lei 11.340/2006, Claudiomar Souza e Silva dos Santos, por não está filiado a um partido como prever a lei eleitoral, Edinaldo Fernandes da Silva, condenado pelo artigo 306 da lei 9.503 e Raul Cesar Nunes, candidato a reeleição como vereador, por motivo de suas contas do período em que ele era presidente da Câmara dos Vereadores da Serra,  não terem sido aprovadas e foi condenado a devolver dinheiro para os cofres públicos.

Como sabemos, quando um cidadão é condenado pela justiça e está cumprindo pena, mesmo que em regime aberto ou domiciliar, ele automaticamente perde seus direitos políticos. Isto inclui o direito de votar e ser votado.

Aqui na Serra,o Prefeito Audifax Barcelos (Rede) parece sofrer na busca pela realização de eu desejo de ser reeleito. na primeira tentativa, seu ex-amigo e mentor Sérgio Vidigal resolveu se candidatar e tirou a chance dele. Agora em seu segundo mandato, e concorrendo com seu atual adversário político, ele sofreu grave problema de saúde e ainda se encontra internado no Hospital Metropolitano.

O lançamento de sua campanha foi anunciado neste dia 01/09 pelo partido para o dia 18/09 e, no mesmo dia do anuncio, surgiu a notícia do pedido de impugnação de sua candidatura pelo MPEES.

Na cidade de Fundão/ES, a grande surpresa é para o candidato a Prefeito Anderson Pedroni Gorza, muito cotado para ser eleito neste pleito. Ele na época que era vereador e assumiu a prefeitura da cidade, teve suas contas rejeitadas pela Câmara de Vereadores. Se a candidatura de Pedroni que é do PSD, for impugnada será melhor para a atual Prefeita de Fundão Maria Dulce Rudio Soares (PMDB).

As ações foram ajuizadas e ainda devem receber julgamento, todos os candidatos permanecem em campanha para o próximo pleito que será no dia 02 de outubro de 2016. Mais informações no site:

Acesse aqui a lista completa dos candidatos do estado que poderão ter candidaturas impugnadas

Share

Sobre redacao

Veja tambem

Presidência da CMS é discussão nos bastidores políticos

Os mandatos dos vereadores nem chegaram ao fim, ainda. Pouco mais de 30 dias, que as …

Share
%d blogueiros gostam disto: